terça-feira, 17 de outubro de 2017

Catarinenses e paranaenses já podem cadastrar seus celulares no sistema de alerta de desastres naturais


Imagem de um raio caindo sobre uma cidade


A partir desta segunda-feira (16.10), os moradores dos estados do Paraná e de Santa Catarina já podem cadastrar suas linhas móveis para receber mensagens de alerta de desastres naturais enviadas por SMS. E no dia 16 de novembro, o serviço vai começar a ser oferecido em São Paulo.
As mensagens são enviadas pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e pela Defesa Civil dos estados e municípios. Está sendo enviada para os celulares de Santa Catarina e Paraná a seguinte mensagem: "Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse". 
Ao fim do cadastro, o usuário é informado que o celular está apto a receber alertas de  inundações, alagamentos, temporais, perigo de deslizamentos de terra, entre outros, e também recebem recomendações da Defesa Civil. Se o usuário desejar, é possível cancelar o serviço por mensagem de celular.
Depois de um período de testes, o grupo coordenado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), e que conta com representantes do Cenad, definiu a expansão do serviço para  todo o país.
O primeiro projeto piloto foi realizado em 20 municípios de Santa Catarina, que reúnem mais de 500 mil habitantes a partir de fevereiro deste ano. Outras cinco cidades do Paraná, com cerca de 100 mil moradores, passaram também a contar com o sistema em junho.
O serviço de alerta de desastres naturais começou a ser utilizado no Japão a partir de 2007. Atualmente, mais de 20 países, entre eles o Canadá, Chile, Bélgica e Filipinas contam com serviços semelhantes.
Cronograma 
Os moradores dos estados do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo poderão cadastrar seus números móveis no sistema de alertas a partir de 18 de dezembro deste ano. Seguidos, em 15 de janeiro de 2018, por Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás, e, em 19 de fevereiro de 2018, por Distrito Federal, Mato Grosso e Tocantins. Os demais estados - BA, SE, AL, PE, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AP, AC, AM, RO e RR- serão inseridos no sistema em 19 de março de 2018.
fonte:http://www.anatel.gov.br/institucional/ultimas-noticiass/1778-catarinenses-e-paranaenses-ja-podem-cadastrar-seus-celulares-no-sistema-de-alerta-de-desastres-naturais

domingo, 2 de abril de 2017


3º Encontro de Radioamadores de Caruaru, dia 28 de maio de 2017.

O Encontro terá:

- Palestras
- Exposição de Rádios
- Feirinha de Rádios e Equipamentos

Kit do Encontro

Kit do encontro (camisa personalizada do evento), valor R$ 25,00;

O Kit poderá ser solicitado até dia 13/05/2017, após esta data não poderemos mais atender os pedidos.

Para confirmar presença e aquisição do Kit visite o link AQUI.

OBS: AS CAMISAS SOLICITADAS PELOS AMIGOS DE OUTRAS CIDADES E ESTADOS SERÃO ENTREGUES NO DIA DO EVENTO.

O valor do kit poderá ser depositado na seguinte conta:

Favorecido: ANTONIO AVELINO DA SILVA
Banco: Banco do Brasil
Agência: 5742-8
Conta Corrente: 11987-3
Operação: 001

Sobre o Local do Encontro

- A 135 km do Recife e sete minutos do centro de Caruaru, o Polo Caruaru está situado no km 62, às margens da BR 104. Todos os dias, o empreendimento recebe milhares de compradores. Fundado em 2004, possui mais de 300 lojas dos mais variados segmentos. Vestuário, sapatos, acessórios, artigos em couro e artesanato são alguns itens que podem ser encontrados pelos visitante.

- O Polo Caruaru conta com uma infraestrutura de 64 mil m² de área coberta. Também dispõe de dois espaços para a realização de eventos, um com 5.111m², outro com 660 m². Os ambientes são cobertos e podem receber feiras, exposições, festas e eventos em geral.

- No Polo contamos com restaurantes e lanchonetes (Praça de Alimentação), quiosques de lanches e sorvetes.

- O estacionamento com seis mil vagas e caixas eletrônicos são outras características que proporcionam comodidade aos visitantes.

Horário

Das 09h às 16h


Organização:

Antonio Avelino (PU7RAZ)
(81) 99257-1734 (Claro) / 99741-3846 (Tim) (whatsapp)

Elias Lemos (PY7EEL)
(81) 99142-9425 (Claro) / 99575-6351 (Tim)

Atenciosamente,

terça-feira, 17 de janeiro de 2017


O fim de uma era: Noruega é 1º país do mundo a parar com transmissões de rádio em FM


Aparelho de rádioDireito de imagemGETTY IMAGES
Image captionTransição para rádio digital gerará economia de US$25 milhões por ano, segundo governo

Sob os olhares de outras nações, a Noruega se tornou o primeiro país do mundo a tirar do ar o sinal FM na última quarta-feira.
O desligamento começou na manhã do dia 11, na cidade mais ao norte do país, Bodø, perto do Círculo Polar Ártico, e teve cobertura ao vivo da televisão norueguesa.
Segundo o governo, hoje, a Noruega tem 22 estações nacionais de rádio digital e ainda há espaço para outras 20.
No entanto, só restam cinco estações nacionais de rádio FM neste país de 5 milhões de habitantes.
O serviço público de radiodifusão norueguês, o NRK, desligará seu sinal FM (a sigla de origem inglesa vem de Frequencia Modulada) antes da concorrência.
Mas este processo não será repentino: o sinal sairá do ar região por região, a partir de janeiro deste ano.

Economia

O ministério da Cultura norueguês estima que a digitalização das emissoras nacionais de rádio gerará uma economia anual de cerca de US$ 25 milhões (aproximadamente R$ 80 milhões).
"O custo de transmissão de rádio nacional pela rede FM é oito vezes maior que pela rede de Retransmissão Digital de Áudio", disse o ministério em um comunicado.
Isso se deve em parte pelo menor consumo de energia da transmissão digital.

Microfone e fones de ouvidoDireito de imagemGETTY IMAGES
Image captionIniciativa na Noruega servirá de teste para a indústria global de rádio

A ministra da Cultura, Thorhild Widvey, elenca outras vantagens.
"Os ouvintes terão acesso a um conteúdo de rádio mais diverso e plural e desfrutarão de uma maior qualidade de áudio, além de novas funcionalidades", disse ela recentemente.
Segundo Widvey, a digitalização também melhorará o sistema de resposta diante de emergências, já que a rádio digital é menos vulnerável a condições de clima extremas.

Indústria

Vários outros países da Europa e do sul da Ásia também avaliam uma transição para a rádio digital.
Segundo o analista britânico James Cridland, o momento do desligamento do sinal FM na Noruega será um "momento de apreensão" para a indústria de rádio global.
"Espero que os noruegueses tenham feito o suficiente para reter a audiência e para garantir que aqueles que não tenham feito a transição para o digital o façam logo", disse.
"Quem escuta rádio pode decidir, em vez disso, passar a ouvir sua coleção de músicas ou os serviços de streaming. Se a mudança prejudicar a audiência, pode ser que outros países fiquem menos dispostos a também desligar seu sinal FM e AM."
Fonte:http://www.bbc.com/

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

O Radioamadorismo é um dos passatempos mais fascinantes.


Muito antes de se falar em internet, e satélites os Radioamadores já formavam uma rede de amigos e solidariedade em todo o mundo.
Através do Radioamadorismo, desenvolvemos diversos conhecimentos gerais, como:
Geografia – ao manter contato com diversos locais do Brasil e do mundo, o Radioamador estará adquirindo conhecimentos de geografia, ao consultar os locais em mapas e Atlas.
Eletrônica – o Radioamador é um experimentador movido pela curiosidade. Logo surgirá o interesse pela eletrônica para montar seus próprios equipamentos e acessórios.
Física e matemática – para a construção de antenas, torres, etc.
Línguas – o Radioamador poderá praticar a conversação de outras línguas, com pessoas de todo o mundo.
Cultura geral – muitos assuntos e curiosidades sobre os mais diversos assuntos.
Rádio emergência – No Brasil o radioamadorismo caiu em descrédito. Vários fatores contribuíram neste sentido como o aparecimento de satélites, internet, celulares, o rádio PX  que também é rádio comunicação (muito utilizado pelos caminhoneiros e pescadores) porém o ingresso a esta modalidade é feito apenas através do pagamento de uma taxa sem a necessidade de provas e seu uso não tem características do uso e preservação dos padrões ético, operacional e/ou técnico, entre outros vários fatores.
Hoje o Brasil e mais especificamente Santa Catarina, tanto a sociedade como a defesa civil (em função de eventos como, por exemplo, furacão Catarina e enchentes), redescobriram o radioamadorismo e sua teia como excelente canal de comunicações, principalmente quando em situações de emergência.
Países como o Japão, USA, Canadá, França, Alemanha apóiam os radioamadores, sendo considerado serviço de grande relevância pelos governos, fornecendo desde treinamentos, isenções de taxas para aquisição de equipamentos, cursos e preparação até convênios com os órgãos governamentais para o fomento das redes e o bom fluxo das informações de forma fácil e abrangente em níveis locais, estaduais, nacionais e internacionais e principalmente em situações adversas.
Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) é o órgão regulamentador e fiscalizador.  O uso de equipamento de radiocomunicação sem a devida licença expedida pela Anatel, infringe leis e pode ser punido com pesadas multas e processo federal.
Uma estação básica de radioamadorismo compõem-se de:
1- O rádio
2-Uma fonte de alimentação de 13,8V com
corrente superior ao máximo consumo do seu rádio.
3-Uma antena específica para a faixa de operação de seu rádio.
Recentes correntes têm tentado provar que o inventor do rádio foi um brasileiro.                                         O gaúcho padre Roberto Landell de Moura.
Sempre que se comunicar transmita a Paz.
Antonio Alberto Goetze Neto – PP5GN

terça-feira, 27 de setembro de 2016


Encontro realizado no dia 24/09/2016

Fotos cedidas pelo Radioamador Py7GFA Gilvan Fernandes
























Parabéns a todos que participaram e contribuíram para este evento.
Pu7Sdj-Drayton

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

LABRE PE, ENCERRA SUAS ATIVIDADES



      Informamos que a LABRE PE, lamentavelmente encerrou suas atividades, como representante da LABRE naquele estado. Para evitar que os colegas Labreanos daquele estado fiquem órfão da entidade, o colega Nascimento, PY7JN, foi nomeado pelo Presidente do Conselho Diretor da LABRE, para o cargo de delegado da Delegacia da LABRE em Pernambuco.